Festa da Flor da Madeira, Hotel Vila Galé - saída do Porto

Tudo Incluído

1.070€

FUNCHAL, PORTO MONIZ, MACHICO, SANTANA CÂMARA DE LOBOS, MONTE, CABO GIRÃO EIRA DO SERRADO, CRISTO REI DO GARAJAU
VISITA AO MARAVILHOSO JARDIM TROPICAL MONTE PALACE
UMA NOITE ESPECIAL, COM JANTAR EM RESTAURANTE TÍPICO SABOREANDO A FAMOSA ESPETADA MADEIRENSE E ESPETÁCULO DE FOLCLORE
ASSISTÊNCIA NA TRIBUNA AO GRANDE DESFILE ALEGÓRICO DA FLOR

1º Dia - PORTO e LISBOA, ILHA DA MADEIRA (visita ao Funchal)
PORTO – Comparência no aeroporto Francisco Sá Carneiro às 09h00. Partida no voo TAP1927 para Lisboa. Chegada, mudança de avião e continuação 13h25 no voo TAP1695 com destino à Madeira.
LISBOA – Comparência aeroporto Humberto Delgado 11h15. Partida 13h25 no voo TAP1695 com destino à Madeira.
Chegada, desembarque, seguido de transporte ao maravilhoso hotel Vila Galé * * * * sup. Check-In. Resto de tarde livre para banhos na piscina do hotel ou atividades de índole pessoal. Jantar e alojamento.

2º Dia - JARDIM TROPICAL MONTE PALACE, MONTE, EIRA DO SERRADO
GRANDE CORTEJO ALEGÓRICO DA FLOR
Após o pequeno-almoço buffet, deixamos o hotel, para nos dirigirmos ao maravilhoso Jardim Monte Palace para a visita memorável a este encantador jardim tropical de lagos, fontes, plantas de todo o mundo, fetos, fósseis e um espaço dedicado a flora madeirense. Tempo livre para visitas. Continuação para o Monte, onde visitamos os seus belos jardins e a igreja de Nossa Senhora do Monte. Possibilidade de descida até ao Livramento (opcional) nos famosos Carros/Cestos. Continuação pela Eira do Serrado, paragem no Miradouro a 1094m de altitude, de onde se desfruta uma magnífica paisagem sobre o Curral das Freiras. Funchal. Almoço. No Funchal, ingresso na tribuna, onde em cadeira reservada, assistirmos ao maravilhoso Grande Cortejo Alegórico da Flôr. 
Regresso ao hotel, para o jantar e alojamento.

3º Dia - PICO DOS BARCELOS, CÃMARA DE LOBOS, CABO GIRÃO, SÃO VICENTE, PORTO MONIZ
Após o pequeno-almoço buffet, saída para excursão ao Miradouro do Pico dos Barcelos, Câmara de Lobos (vila 
piscatória) Continuando pelo Cabo Girão, o mais alto promontório da Europa com 580 metros. Ribeira Brava (visita à Igreja séc. XVI), Encumeada em direção a São Vicente. Prosseguimos por uma estrada proporcionando belas vistas sobre as duas vertentes da Ilha, Ribeira da Janela. Paragem no Miradouro do Véu da Noiva e Porto Moniz onde tem lugar o almoço (vila piscatória, famosa pelas suas piscinas naturais construídas entre as rochas vulcânicas, que são o ex-libris do concelho). A viagem de regresso por Paul da Serra (o planalto mais alto da Ilha a 1.500 metros de altitude), terminando no hotel. Jantar e alojamento.

4º Dia - GARAJAU, PICO DO AREEIRO, RIBEIRO FRIO, SANTANA, PORTELA, MACHICO
JANTAR EM RESTAURANTE TÍPICO COM A FAMOSA ESPETADA E ESPETÁCULO DE FOLCLORE
Saída do hotel após o pequeno-almoço buffet, para excursão por Ponta do Garajau, paragem neste belo miradouro e conhecer o Cristo Rei inaugurado em 1927. Pico do Areeiro (miradouro 1.810m de altitude), Ribeiro Frio, visitamos o Viveiro das Trutas. Almoço no percurso. Santana, cartaz turístico da Ilha, muito famosa pelas suas casas típicas com telhados de colmo. Miradouro da Portela (670m de altitude, de onde se avista a Ilha de Porto Santo). Machico. Visitamos a Igreja Matriz, a sua bonita baía e praia de areia amarela, terminando no hotel.  
- Em hora a indicar, saímos para o restaurante típico, onde se realiza o jantar, saboreando a famosa espetada Madeirense, com espetáculo de Folclore. Regresso ao hotel, para o alojamento.

5º Dia - FUNCHAL (visita à cidade), LISBOA e PORTO
Após o pequeno-almoço buffet, transporte ao Funchal, onde o nosso guia, realiza a visita a pé ao núcleo histórico de Santa Maria, zona onde se encontra a rua mais antiga da cidade, que levou artistas e artesãos a recuperar portas de casas, lojas e espaços abandonados, transformando o bairro numa galeria de arte. Entrada no Mercado dos Lavradores, visitamos a loja de uma fábrica dos famosos bordados e Vinhos da Madeira (com provas). Na Praça do Município, admiramos o edifício da Câmara Municipal, entrada na Sé Catedral e Igreja do Colégio. Almoço. Tarde livre para passear pela cidade, admirando os tapetes de flores, o mercado das Flores, a animação de rua e os concertos musicais e espetáculos. Pelas 20h15 o transporte ao aeroporto para as formalidades. 
PORTO – Partida 22h45 no voo direto TAP1714 com destino ao Porto LISBOA – Partida 22h30 no voo direto TAP1688 com destino a Lisboa.

Preço por pessoa Saída de Lisboa Saída do Porto
Em quarto duplo         980€ 1.070€
Suplemento de quarto individual 235€
(Não há quartos triplos)

TUDO INCLUÍDO CONFORME INDICADO NO PROGRAMA
Passagem aérea no percurso indicado, com direito a uma peça de bagagem por pessoa até 23kg, transferes e excursões em autocarro de turismo com o acompanhamento do nosso guia oficial, estadia de 4 noites de hotel, todas as refeições desde o jantar do 1º dia ao almoço do 5º dia, incluindo um jantar típico com a famosa Espetada Madeirense e espetáculo de Folclore, bebidas às refeições (vinho da casa e água ou 1 cerveja ou 1 refrigerante), cadeira reservada na tribuna para assistência do Cortejo Alegórico, entradas no maravilhoso Jardim Tropical Monte Palace e Sé Catedral, seguro de assistência em viagem, taxas de aeroporto, taxas de turismo. 

MADEIRA

A ilha da Madeira apresenta uma área de 741 km2, 57 km de comprimento e 22 km de largura.

A sua posição geográfica privilegiada e a sua orografia montanhosa conferem à ilha da Madeira uma espantosa amenidade climática, com temperaturas médias muito suaves, que oscilam entre os 25° C no verão e os 17° C no inverno, aliadas a uma humidade moderada.

Por influência da corrente quente do Golfo do México, a água do mar é igualmente muito temperada, apresentando médias no verão de 22°C e de 18°C no inverno.

Mapa da Ilha da Madeira | www.visitportugal.com



Geografia
O arquipélago da Madeira situa-se na placa africana, no oceano Atlântico, entre 30° e 33° de latitude norte, quase à mesma latitude de Casablanca; a 1000 km a sudoeste de Lisboa, cerca de 500 km a oeste da costa africana e 450 km a norte das ilhas Canárias aproximadamente.
 
Este arquipélago é formado pela ilha da Madeira, com uma área de 741 km²; pela ilha do Porto Santo, com 42,5 km²; pelas ilhas Desertas, com um total de 14,2 km² no conjunto das suas três ilhas desabitadas; e ainda pelas ilhas Selvagens, cujo conjunto de duas ilhas e dezasseis ilhéus desabitados detem uma área de 3,6 km². Das oito ilhas, apenas as duas maiores (Madeira e Porto Santo) são habitadas, tendo, como principais acessos, o Aeroporto Internacional da Madeira, em Santa Cruz, e o Aeroporto do Porto Santo.
 
O Funchal, capital do Arquipélago da Madeira, tem acesso por via marítima, através de um porto com uma moderna gare que se destaca no panorama nacional pelo número de cruzeiros que aqui desembarcam, representando mais de meio milhão de passageiros por ano. As restantes ilhas constituem reservas naturais.
 
Durante centenas de anos, o Funchal foi a única cidade da Região Autónoma da Madeira, até que, entre finais do século XX e início do século seguinte, foram elevadas outras 5 cidades: Câmara de Lobos, Santa Cruz, Machico, Santana e Vila Baleira, na ilha do Porto Santo.
 
A ilha da Madeira possui uma orografia bastante acidentada, sendo os pontos mais altos o Pico Ruivo (1862 m), o Pico das Torres (1851 m) e o Pico do Areeiro (1818 m), respetivamente o terceiro, quarto e quinto pontos mais altos de Portugal. A costa norte é dominada por altas arribas e na parte ocidental da ilha encontra-se o único planalto da ilha, o Paul da Serra, com altitudes entre os 1300 e os 1500 m.

Geologia
A história geológica do arquipélago da Madeira está intimamente relacionada com a abertura e expansão do Oceano Atlântico, processo que teve início há cerca de 200 milhões de anos atrás e continua nos nossos dias com uma velocidade de movimentação de cerca de 2 cm/ano.

O arquipélago da Madeira é um exemplo de vulcanismo intraplaca - hotspot - em ambiente oceânico, resultante da atuação de duas plumas mantélicas, uma que originou o Porto Santo no Miocénico médio, há cerca de 14 Ma e, posteriormente, a Madeira e as Desertas no Miocénico superior, há cerca de 7 Ma; e outra que originou as ilhas Selvagens no Oligocénico, há cerca de 28 Ma.
 
A ilha da Madeira ergue-se acima de uma vasta planície submarina, no interior da placa africana, formando um maciço vulcânico com mais de 5,5 km de altura, do qual apenas 1/3 se encontra emerso.
 
A ilha evoluiu por sucessivas fases de intensa atividade vulcânica, separadas por períodos con alguma atividade, durante os quais a erosão reduziu, por vezes consideravelmente, a dimensão do edifício vulcânico. Durante os períodos de erosão intensa foram escavados vales e criados relevos acidentados que destruíram parcial ou totalmente as formas vulcânicas, enquanto os produtos da erosão foram depositados nos flancos imersos do grande vulcão ou no interior de vales.

O recomeço da atividade no decurso da época vulcânica seguinte levou à fossilização dos materiais sedimentares detríticos e dos relevos erosivos. A unidade vulcânica mais recente da estratigrafia da ilha da Madeira, que ocorreu até há 6000-7000 anos, representa a fase de rejuvenescimento, caraterizando-se por vulcanismo implantado já sobre uma topografia erosiva talhada sobre as formas criadas durante o estádio anterior. Considera-se que a ilha da Madeira se encontra ainda neste estádio de evolução, encontrando-se a atividade vulcânica temporariamente adormecida.

Economia
Atualmente, o turismo constitui o principal impulsionador e a maior fonte de receitas da economia madeirense. No setor agrícola, a produção de banana, dirigida fundamentalmente ao consumo regional e nacional, as flores e o afamado vinho da Madeira constituem também um importante contributo para a economia regional.
 
Em 2010, o Produto Interno Bruto (PIB) da Região Autónoma da Madeira era de 5.224 milhões €, correspondente a 3% do total nacional e com um crescimento de 1,7% face a 2009. O PIB per capita da região é de 21,1 milhares €, apresentando-se assim como o 2.º maior a seguir a Lisboa e acima da média de Portugal e da UE27.
 
As atividades de Comércio representam 11,9% do total do emprego na região e as do Alojamento e Restauração 12,9%.
 
A atividade industrial na Madeira é dominada por pequenas e médias empresas. Na Indústria Transformadora, que representa 4,2% do emprego, coexistem atividades de caráter artesanal e viradas para a exportação, como os bordados, as tapeçarias e artigos de vime, com outras sobretudo orientadas para o mercado regional, como as moagens e os produtos de panificação e pastelaria, os lacticínios, a cerveja, o tabaco e o vinho.


Sistema Politico
A Madeira é uma região autónoma da República Portuguesa desde 1976 e tem a Assembleia Legislativa da Madeira (ALM) e o Governo Regional como órgãos de governo.
 
A Região Autónoma da Madeira (RAM) faz parte integral da União Europeia (UE) com o estatuto de região ultraperiférica do território da UE.
 
A ALM é o órgão legislativo e de fiscalização parlamentar, que constitui o órgão máximo de auto-governo das regiões autónomas. É um parlamento unicameral composto atualmente por 47 deputados. Os deputados são eleitos para um mandato de quatro anos, em listas apresentadas pelos partidos, num círculo eleitoral único. O presidente da ALM é o Dr. José Manuel Rodrigues.
 
No dia 1 de julho é celebrado o Dia da Região Autónoma da Madeira e das Comunidades Madeirenses ou, simplesmente, Dia da Madeira. É um feriado que comemora a autonomia que Portugal concedeu à Região Autónoma da Madeira na Constituição Portuguesa de 1976. O Estado Português é representado na região pelo Representante da República para a Região Autónoma da Madeira, cargo ocupado pelo Dr. Ireneu Cabral Barreto.
 
Os partidos presentes na RAM encontram-se ligados aos grandes partidos do espetro político português. O PSD-Madeira foi o vencedor das últimas eleições legislativas regionais, realizadas a 6 de outubro de 2019, com 39,42% dos votos. O Presidente do Governo Regional da Madeira é atualmente o Dr. Miguel Filipe Machado de Albuquerque.


Demografia
A Região Autónoma da Madeira apresenta, aproximadamente, 270 mil habitantes e uma densidade populacional de 267,785 hab./km².
 
Apesar desta densidade populacional ser superior à média nacional, 75% da população da ilha da Madeira habita em apenas 35% do território, maioritariamente na costa sul.

É aqui que se localiza a cidade do Funchal, capital da Região Autónoma da Madeira, que reúne 45% da população (130 000 habitantes), com uma densidade populacional de 1500 hab./km². É também nesta zona que se localiza a maior parte das unidades hoteleiras.